Categories
Saúde

Vale a pena usar Phytopeel da Rosângela Silva?

Se você está ligada nas novidades em matéria de tratamentos para melasma correntes na internet já deve ter esta dúvida: “Vale a pena usar Phytopeel?”. Eu estava querendo fazer um post sobre isso porque o melasma é algo terrível que faz as pessoas buscarem uma cura emergencial.

Em determinado momento na vida eu pensei que as minhas manchas de melasma nunca desapareceriam de verdade.

Hoje em dia quase não tenho nenhuma marca de melasma graças ao uso do Phytopeel, um produto que eu conheci após acompanhar aos conteúdos nas redes sociais da esteticista Rosângela Silva.

Então, eu queria compartilhar como me livrei das manchas! Se você não sabe o que é melasma, às vezes também é chamado de “máscara da gravidez”, se trata de manchas escuras que aparecem no rosto, geralmente quando a mulher está grávida ou toma muito sol sem protetor solar.

Quando surgiu o melasma na minha vida?

Eu fiquei com melasma quando estava grávida do Eduardo. Estas marcas surgiram na testa, sob os olhos e acima do lábio superior.

Tinha grandes manchas escuras sob meus olhos! Isso me deixava com muita vergonha de encarar o mundo. Me sentia horrível quando saia de casa sem maquiagem para ofuscar este problema estético.

O pior é que qualquer coisa que possa ajudar com as manchas escuras não é permitida nas fases de gravidez ou amamentação.

Foram 22 meses de amamentação e gestação. Ou seja, eu tive que viver com melasma por um longo tempo, quase 2 anos. Tentei algumas coisas como soros, mas nada de surgirem os resultados favoráveis contra as manchas de melasma.

Como eu descobri que vale a pena usar Phytopeel?

Após ficar muito chateada por já ter tentado de tudo na vida para curar melasma sem nunca conquistar uma pele limpa de marcas, eu recebi uma indicação de uma amiga que viu as publicações da Rosângela Silva nas Redes Sociais.

Eu sempre comentava nas redes sociais dela. A Rosângela respondia muito bem, senti que ela foi a primeira especialista a me dar “novos conselhos”. Em um destes aconselhamentos ela me disse para usar Phytopeel, o principal produto na clínica dela para tratar pessoas com melasma.

Como a Rosângela sempre foi muito atenciosa e dedicada eu resolvi tentar, também porque os fabricantes dão reembolso completo se você não gostar do produto após aplicar por alguns dias – algo que nunca consigo quando compro coisas na drogaria no lado de casa.

Finalmente a cura do melasma

Depois de uma semana quase não me reconheci. A minha pele estava sem manchas, muito parecida à época em que eu era adolescente e tinha um rosto liso como uma porcelana.

Dentro de apenas 30 dias eu já não precisava mais sair de casa com maquiagem para evitar que o povo olhasse com dó da minha face. Sinceramente, parece que eu nunca tive melasma ou qualquer outro problema dermatológico.

Por este motivo eu confirmo com toda a certeza: Vale a pena usar Phytopeel e acompanhar as dicas de Rosângela Silva na internet, uma mulher que mudou a minha vida para melhor.

Categories
Saúde

Qual a diferença entre desodorantes e antitranspirante?

Muitas pessoas usam desodorante e antitranspirante de forma intercambiável nas axilas todas as manhãs, mas há um mundo de diferença entre essas duas palavras mal usadas. Você sabe o que separa uma da outra?

Antes de mergulharmos na diferença entre desodorante e antitranspirante queremos dar um pouco de conhecimento sobre a história deles.

Você pode se surpreender ao saber que esses dois produtos são uma invenção bastante recente. O primeiro desodorante foi lançado em 1887.

Enquanto comparamos o desodorante com o produto em bastão que conhecemos e amamos hoje, na época era uma pasta.

O primeiro antitranspirante chegou ao mercado no anos de 1902, mas demorou mais alguns anos para se popularizar porque falar sobre o odor corporal ainda era muito tabu, especialmente entre as mulheres.

Tudo isso mudou quando um anúncio para um antitranspirante precoce convenceu as mulheres de que cheirar mal era tabu social que faria seus amigos falarem delas pelas costas.

Qual é a diferença?

A diferença entre desodorante e antitranspirante é bastante simples, mas primeiro, uma pergunta rápida para você: Sabia que o suor não tem nenhum cheiro real?

É verdade. Ao contrário da crença popular, o suor é apenas molhado e não tem cheiro. O odor surge quando as proteínas e a gordura do suor se misturam com as bactérias que vivem na nossa pele.

Algumas partes do corpo, como axilas e virilhas, são mais propensas ao crescimento de bactérias e a odores indesejados.

Conhecer esse pequeno fato sobre o suor é essencial quando se trata de entender a diferença entre desodorante e antitranspirante. As pessoas usam esses produtos por dois motivos principais: parar o odor e o suor.

É importante saber que a umidade nem sempre é igual ao cheiro, o que pode influenciar sua decisão sobre a compra.

Basicamente, o desodorante serve para disfarçar o cheiro enquanto antitranspirantes funcionam para reduzir suor.

No entanto, a melhor maneira de combinar desodorante e antitranspirante é usar antitranspirante à noite antes de dormir e desodorante pela manhã.

Um olhar mais especial ao desodorante

O nome do desodorante nos dá uma pista importante sobre o que faz, que é prevenir ou encobrir o odor.

Os desodorantes ajudam a tornar a habitação de perto com outras pessoas uma experiência mais agradável, combinando ingredientes com fragrâncias para ajudar a encobrir os odores desagradáveis ​​do corpo.

Como usar o desodorante?

Se você estiver preocupado em cheirar bem ao longo do dia, um excelente desodorante pode ajudá-lo a se sentir seguro.

Para melhores resultados, aplique o produto após o banho. Verifique se a pele está completamente seca; caso contrário, o desodorante não será tão eficaz.

Algumas pessoas também optam por reaplicá-lo mais tarde, se sentirem que estão ficando um pouco malcheirosas, o que pode ser feito, mas isso é uma questão de preferência pessoal.

Qual é o melhor para bloquear suor?

A resposta é nenhum. O bloqueio de suor apenas se faz possível com a utilização de um antiperspirante eficaz, que na prática representa a própria evolução do antitranspirante, disponível no mercado nacional desde o início do século XXI.

Categories
Saúde

O que fazer para evitar suor nas mãos?

Se manter hidratado é uma dica essencial para qualquer pessoa, especialmente importante para quem sofre de hiperidrose palmar.

A água potável pode diminuir a temperatura do corpo, o que o mantém fresco e o impede de suar com muita frequência.

Em alguns casos, as pessoas podem confundir o apelo do seu corpo por água como a sensação de estar com fome.

Comidas ruins como hambúrgueres e empanados de frango industriais só pioram as palmas das mãos suadas, por isso é melhor manter uma garrafa de água à mão para diminuir a temperatura do corpo e reabastecer a hidratação ao consumir estes alimentos.

Também é bom praticar exercícios físicos

É contraintuitivo pensar que o exercício reduzirá a quantidade de suor, mas se trata da mais pura verdade.

Claro, você vai suar mais quando estiver se exercitando do que descansando.

Você pode participar de uma aula, praticar esportes, frequentar a academia, dar um passeio de bicicleta – praticamente fazer qualquer coisa que acelere o ritmo cardíaco.

Aumentar sua frequência cardíaca enquanto você se exercita a mantém mais baixa o resto do tempo. Isso manterá a temperatura do corpo baixa e limitará a quantidade de transpiração durante o descanso.

De olho na utilização dos medicamentos

Remédios caseiros e mudanças no estilo de vida podem não ser suficientes para quem tem casos graves de hiperidrose palmar.

Nesses casos, você precisará visitar um dermatologista e obter uma receita. Esses medicamentos consistem principalmente de cremes tópicos, mas também podem incluir soluções orais.

Existem muitas opções por aí, mas você precisará consultar um médico primeiro. Não tenha medo de procurar ajuda médica. Outra indicação de medicamento efetivo está na utilização de antiperspirante.

Por que as mãos ficam suadas exageradamente?

Há várias razões pelas quais suas mãos podem começar a suar. É útil entendê-las antes de mergulhá-las nos remédios caseiros que incluímos.

Aqui estão algumas razões pelas quais você pode sentir palmas e mãos suadas.

Hiperidrose palmar: Condição médica que faz suas mãos suarem excessivamente. Muitas pessoas ficam com as mãos suadas em determinadas situações, mas as que têm palmas e mãos suadas persistentes podem ter hiperidrose palmar.

Você deve consultar um dermatologista se estiver preocupado com as palmas das mãos suadas.

Genética: Há um elemento de genética quando se trata de quanto você transpira. A hiperidrose é hereditária, mesmo que não afete nenhum dos membros diretos da sua família.

Estresse: Culpado comum de mãos suadas, o que é problemático quando você precisa apertar a mão de alguém.

Essas emoções podem desencadear a resposta natural em seu corpo. Seu organismo libera hormônios que o preparam para lutar ou fugir, o que inclui elevar a temperatura corporal.

Obviamente, o aumento na temperatura corporal significa que você começará a suar um pouco, especialmente nas mãos.

Encontrar alívio para mãos suadas

Felizmente, fomos capazes de lhe dar algumas dicas sobre como parar as mãos e palmas suadas. Os remédios caseiros e as mudanças de estilo de vida devem cuidar de muitos casos que fazem suas mãos começarem a suar.

Você não precisa aceitar que suas mãos e palmas das mãos suadas são apenas parte da vida. Existem várias maneiras de resolver o problema, mesmo que envolva ir ao médico e obter uma receita.

Conheça uma excelente tratamento de hiperidrose caseiro.