Categories
Casa Led

Lâmpadas de led: Manual de compras para iniciantes

O guia lâmpadas led promete informar você a respeito das melhores dicas para se sobressair ao comprar lâmpadas de led online.

A grande parte dos especialistas em compras de lâmpadas de led indica que antes de você realizar uma compra desse tipo de produto é preciso fazer algumas perguntas. Quais são elas? Veja no artigo informativo.

Quais os níveis de potência você busca?

É importante saber que a potência indica o consumo da lâmpada e não a saída de luz. Diante da escolha de lâmpadas de diferentes tipos que consomem mais ou menos energia para obter a mesma saída de luz é melhor contar agora com lúmens.

As unidades de lúmens expressam a quantidade de luz emitida por uma lâmpada led.

Se considerar uma lâmpada tradicional mais usada de modo popular é uma boa escolha a versão de 90 lúmens por watt, com saída de pelo menos 280 lúmens.

Por outro lado, quem busca muita luz pode escolher 1 lâmpada de 800 lúmens ou 4 unidades leds de 200 lúmens.

Qual soquete você deve escolher nas lâmpadas de led?

Analise com antecedência o soquete correto para a sua lâmpada na finalidade de garantir que a conexão seja possível. Os principais padrões são:

  • GU10: Para lâmpadas de 230v;
  • GU5.3: Para lâmpadas de 10v a até 230v;
  • E14 e E27: Soquetes de rosca para lâmpadas 230v.

Qual é a cor que você deve selecionar?

Lâmpadas de led possuem uma temperatura de cor (kelvins) que indica até que ponto a lâmpada produz luz azul, branca ou amarela. Quanto menor o grau Kelvin mais quente é a iluminação. Os tons mais comuns são:

  • 6.000k – Fria e azulada. Para uso em ambiente profissional.
  • 4.000k – Luz neutra. Para todos os ambientes.
  • 2.600k – Luz amarela e quente. Para salas de estar ou de jantar.

Um controlador vale a pena?

Com uma lâmpada de led regulável você pode variar o brilho usando um controlador.

Se não é regulável e você ainda a usa com regulador, ela não só jamais poderá variar o brilho, mas pode passar por fases de piscar ao ser ligada e desligada.

Interessante perceber que os leds equipados com esse sistema têm um custo superior.

É seguro usar lâmpada led?

Os dispositivos são ruins para a vista? Sobre os leds circulam críticas, em particular dos riscos associados à luz azul emitida por algumas destas lâmpadas. Isso é preocupante?

No contexto da iluminação residencial não há nada com o que se preocupar. A maioria dos consumidores compra lâmpadas com temperatura quente variando entre 2.500k e 3.000k. Essa temperatura de luz não inclui azul e jamais representa um risco para a saúde.